Aquário com Ascendente Gêmeos nas Montanhas

Bom dia, boa tarde, boa noite, senhoras e senhores, tudo bem com vocês?

Aquário com ascendente em gêmeos. Sempre em frente, novas ideias e jamais me apegando a pré concepções. Vivo me reciclando. Quem me acompanha aqui há mais de uma década sabe disso.

Mais uns dias de molho devido à nova entorse de joelho (eu nem estava correndo quando aconteceu, foi num salto bobo, final de treino no Araçatuba que você pode ver nesse vídeo aqui...), voltarei o foco àquilo que realmente me encanta: a vida nas montanhas.

Quase me peguei entrando numa verve competitiva e de performance novamente no Trail Running. Como aconteceu anteriormente comigo lá em 2013.⠀

Nada tenho contra essa abordagem, admiro demais essa garra tanto dos profissionais como dos meus dedicados amigos. São pura inspiração. Mas... quero leveza e tudo que o mundo lá fora oferece.⠀

Entendendo os sinais que a vida dá, me reconstruo e tomo a direção que me levará à mais saúde, mais diversão e mais oportunidades de contribuir de alguma forma na vida das pessoas. ⠀

Neste final de semana vai ter pedal gravel.⠀

Na próxima terça-feira, estarei novamente nas marteladas do Botânico com a Equipiazza.⠀

Temporada de montanhismo se aproximando e aguardo ansioso.⠀

Excelente dia a todos, namastê.⠀

Repassando os últimos 30 dias

Conjunto Marumbi em um dos treinos de fevereiro.
Oi!

Que dias intensos tenho vivido, senhoras e senhores!

Tantos treinos em montanha... como jamais fiz em toda a minha vida. Gratidão eterna pela oportunidade, Papai do Céu :)

Acho que no mundo digital a única atenção que tenho conseguido dar mesmo é no Instagram, onde não falho um dia sequer nas postagens do feed e nos stories.

Eu olho com carinho a quantidade de conteúdo gerado aqui nesse espaço ao longo desses anos todos escrevendo no blog... Lá se vão mais de uma década, imagina.

Outros tempos, onde todos nós líamos com mais frequência (tudo: livros, revistas, artigos na internet...), consumíamos conteúdo com mais atenção e nosso meio digital de relacionamento preferencial era o MSN e o Orkut. Com o fenômeno das redes sociais e suas telas de feed infinito, bem como o smartphone que popularizou o acesso a elas, tudo mudou.

Impressionante como hoje podemos atingir muito mais gente com nossas experiências mas a audiência é muito menor que antes. Há uma pulverização enorme na entrega desse conteúdo e a competição da atenção do internauta (neologismo que entrega o quão primitivo sou no mundo digital) com o advento de redes como Instagram, YouTube e Facebook, faz com que os textos dos blogs cheguem a um número cada vez menor de pessoas. Essa massa toda está mais interessada nas manchetes e nas belas imagens do que aprofundar-se em um conteúdo relevante.

Infelizmente, para mim e para quem aprecia conteúdos mais aprofundados, isso desanima um pouco. De toda forma, sigo tentando gerar algo mais relevante no meu canal do YouTube, que é onde consigo uma comunicação um pouco mais direta, quase olhos nos olhos. George Volpão de verdade.

Vamos lá também? Acompanhe e inscreva-se aqui :)

Forte abraço e até a próxima montanha!

Uma das mudanças em curso para 2020

Oi!

Acho que um dos maiores aprendizados e uma das maiores decisões para 2020 foi focar no foco.


Engraçado isso né? Focar no foco. 


Preciso de foco. Com foco e direcionamento eu consigo ser mais consistente nos propósitos, ao mesmo tempo consigo extrair maior diversão dessa grande aventura que é viver e também sentir-me vivo e produtivo.

No esporte, como você deve estar percebendo, o foco está nas corridas em montanha para 2020. E como sempre vai ser mais sobre montanhas que sobre corridas, não se trata de competir em provas de corrida em montanha (apesar de já estar inscrito em uma e ter ideias de correr mais duas outras apenas). É mais sobre estar nas montanhas, correndo. Sozinho, com amigos, não importa. Estar nas montanhas é a ideia.

Assim sendo, decidi desfazer-me da minha bike esportiva, aquela que me acompanhou por praticamente dois anos de muito prazer nos pedais e na sua customização. Hora dos caminhos se separarem e direcionar minha veia esportiva àquilo que literalmente me tira o fôlego. correr em montanhas.


Contribuí como pude e da minha forma um pouquinho que seja para mostrar aos brasileiros uma diferente forma de pedalar. Que era mais sobre experiências do que sobre equipamentos. As Gravel Bikes hoje são realidade em nosso país, o cenário está em franco crescimento e fico contente de ter sido um dos que plantaram as primeiras sementes. Foram quase três anos dedicados ao tema com toda a paixão e ímpeto que me movem.


Hora de voltar às montanhas e direcionar essa mesma energia  a compartilhar um pouco do que aprendi com vocês nos 15 anos que corro em trilhas (com algumas pausas nesse meio aí). E sendo assim, pedalar como forma de treinamento será cada vez mais raro. Já providenciei outra bicicleta para utilizar nos deslocamentos diários e eventuais treinos regenerativos.

2020 tem muito a oferecer. É um ano onde completo 20 anos de montanhismo e 10 anos da minha primeira ultramaratona em trilha. Vamos celebrar!

Deixo abaixo as especificações da bike à venda. Valor de R$ 1.980, 00, parcelo em 12X sem juros no Mercado Livre. A vista, de forma presencial em Curitiba consigo melhorar isso, é só me chamar aqui na Jamur Bikes. A bike sairá revisada, em perfeitas condições, tem menos de 2.000 km rodados.

Vamos pra cima, bons treinos!

- Quadro e garfo: Marca Format 5222 em aço cromoly, pintura epoxi, para uso com freios a disco ou v-brake;
- Rodas: Shimano R500 24 e 28 raios para uso com freios v-brake ou caliper. Não aceita disco;
- Pneus: 700X35 Kenda Happy Medium dobráveis;
- Fita antifuro: sim;
- Pedivela: Shimano Claris 50X34 Octalink;
- Movimento Central: Shimano Octalink;
- Pedais : não acompanha;
- Trocadores: Shimano Claris R2000 (passagem interna dos cabos);
- Câmbio traseiro: Shimano Claris R2000;
- Câmbio dianteiro: Shimano Claris R2000;
- Freios: V-Brake Shimano R353 específicos para uso com STI;
- Corrente Shimano HG40;
- Guidão: Alumínio Zoom 440mm;
- Suporte de Guidão: Alumínio Zoom;
- Canote de selim: Absolute Alumínio;
- Selim: Fizik Tundra.

Um 2020 nas montanhas

Senhoras e senhores, tudo bem com vocês?

Na verdade meu 2020 começou em dezembro, quando comecei a cuidar mais da alimentação e passei a meter uma sequência de corridas em trilha em lugares como Morro dos Perdidos, Caratuva, Tucum e vários Anhangavas.

Uma série de mudanças de ordem particular em novembro de 2019, inclusive com ajustes nas expectativas de viagens e equipamentos para bike e corrida, me levaram a concentrar ainda mais no tempo presente. Viver o hoje tornou-se mais importante do que nunca.

Tive um período de 15 dias de férias na segunda quinzena de dezembro de 2019 em que pude reordenar os pensamentos. Na primeira semana, decidido a me reencontrar como pessoa George Volpão e na segunda, hora de meter a mão na masa (ou os pés na trilha).

Assim foi feito e entro agora nesta nova década com motivação e disciplina suficientes para desfrutar cada sessão de corrida, de bike, de yoga, de alongamento como se fosse a última.

Tenho uma competição de trail running programada para o mês de abril e só. Um evento especial também aguardo para junho deste ano.

E assim vamos deixando fluir.

E você? Já traçou seu rumo?

Forte abraço!

Promessas de Ano Novo para 2020

Senhoras e senhores, tudo bem com vocês?

Eu, George Volpão, venho aqui colocar minhas principais promessas para quem ainda me acompanha neste canal:

1) Postar semanalmente no blog,
2) Postar semanalmente no blog,
3) Postar semanalmente no blog,
4) Postar semanalmente no blog,
5) Postar semanalmente no blog,
6) Postar semanalmente no blog,
7) Postar semanalmente no blog,
8) Postar semanalmente no blog,
9) Postar semanalmente no blog,
10) Postar semanalmente no blog!

Repetindo dez vezes isso!!!

Bah, tenho este canal aqui que produzo conteúdo interessante (pelo menos é o que acho, considerando as estatísticas) desde 2006.

Bora tomar como meta para 2020? Ok, sei que já falei isso antes, que iria produzir mais textos para meus leitores. Mas, dá um desconto, não era promessa de ano novo né?

Ano novo, vida nova.

Isto posto, meu nobre (dizia um locutor esportivo paranaense cujo nome me foge agora), este é meu primeiro post de 2020. Todas as quartas feiras (me cobrem), algo para dizer aqui. Algo que não digo no Instagram, no YouTube, etc. Aliás, ando fazendo muito textão no instagram. Ok, você pode me seguir por lá também. Mas vou guardar a verborragia toda para o blog, onde a leveza dos dedos sobre o teclado do computador é mais adequada do que a urgência instagrâmica.

Feliz 2020, meus amigos!

Primeiro brinde rumo a 2020, na Fazenda da Bolinha, lugar onde vivi tanta coisa boa nos últimos 20 anos. 31/12/2019.