Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Um Excelente 2013 a Todos

Olá senhoras e senhores. Meus votos de muita paz, luz e bons ventos no ano que se avizinha. Abaixo uma imagem interessante na fan page do Facebook do site especializado em montanhas e seus frequentadores, o espanhol Desnível . Grande abraço, amigos!

Homem de Fases

De alguns anos para cá, me identifiquei muito com as corridas de montanha. Comecei a correr em 1993 e a subir montanhas em 1995. Passei a treinar e competir no esporte em 2007, participando ativamente do cenário e do boom que as corridas de montanha vem passando desde o começo de 2012, com o crescimento exponencial no número de provas e praticantes. Vejo a vida como sucessão de ciclos. Percebo que os meus duram, em média, cinco anos. Entre 1993 e 1997 me iniciei na vida esportiva, correndo bastante (e muito mais rápido do que hoje) e fazendo algumas provas de duathlon. Entre 1998 e 2002 eu gostava mesmo era de pedalar. Cheguei até mesmo a competir em algumas provas do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike, apesar do meu foco mais o lazer e a diversão. Entre 2003 e 2007 foi a fase montanhística. Mais de 40 cumes na Serra do Mar, montanhas em outros estados, travessias duras e roubadas mil. De 2008 para cá, como disse, as corridas de montanha ocuparam boa parte dos meus pensamentos.

Para Dezembro de 2012 Valer a Pena

Todo mundo postando calendário de provas para 2013... Mas minha cabeça anda bem longe das corridas para o ano que virá após o fim do calendário maia. Falando de corridas e competições. Minha única certeza são as provas da TRC Brasil, com quatro etapas na distância de 13 km em março, junho, agosto e novembro, a Super Meia Maratona de Extrema em julho, a Subida da Graciosa em outubro e os clássicos 42 quilômetros da K42 Bombinhas dia 17 de agosto. O resto será apenas isso. Um pouco por falta de vontade de correr provas. Outro pouco ao perceber quanto dinheiro gasto nisso, investimento que posso aplicar em experiências montanhísticas na região ou visitando lugares novos nas montanhas de estados vizinhos. Na verdade, até me assusto com as contas. Afinal, são sete provas, nem é assim tão pouco.  Havia adiantado aqui que eu queria correr os 50K em São Paulo no final de março. Cancela. Também havia comentado aqui meu interesse maior em estar nas montanhas "de verdade". Conseguem e

Dezembro de 2012 - Parte II

Continuando o post anterior ... Já um pouco antes do final da primeira metade do mês de dezembro, posso sentir o peso e o cansaço se instalando. Sempre tive dentro de mim que datas comemorativas e a marcação da passagem dos tempos são bobagens, coisas criadas pelo homem (principalmente o moderno). Afinal, quem aí nota diferença na prática mesmo entre o 31 de dezembro e o 01 de janeiro? Nem mesmo as quatro estações estão assim tão fáceis de identificar em suas nuances. Como definir então o significado de mês e ano? Somente com as modernas invenções mesmo. Meu corpo, por exemplo, se ressente das horas a mais acumuladas no trabalho, que se refletem em horas a mais de sono e, obviamente, horas a menos nos treinos. Parece que começo a entender o significado de end-of-training-season. Confesso que queria, de verdade, estar treinando mais forte. Até fiz isso, semana passada, com treinos fortes e duros, onde pude observar real progressão. Talvez eu tenha pago o preço e agora bate

Trilhas do Parque Tingui

Ok... não são as trilhas mais selvagens, técnicas ou deliciosas do mundo. São bem curtas, na verdade. Algumas mal chegam aos 100 metros de extensão. Mas eu não fico medindo. Quando vou ao Parque Tingui treinar aos sábados, vou para curtir...passar alguns minutos me divertindo, saltando raízes, me desviando das galhadas. Este sábado fiz meu segundo treino lá e, mais uma vez, foi diversão pura. Juntamente com um bom treino, já que ali encontro um terreno mais técnico, onde exijo bem mais do corpo do que se corresse apenas em terrenos regulares. E já que a meta é correr longe e no mato, eis uma boa opção, muito próxima de casa.  Abaixo algumas imagens.  Abraços e boa semana.

Dezembro de 2012 - Parte I

O mais bacana de dezembro é o fato de ter uma grana extra, não? Pelo menos para nós assalariados. Um reforço é sempre bom. Não para comprar presentes, algo que sinceramente não gosto, acho bobagem, pois prefiro gastar dinheiro oferecendo experiências do que objetos. E então viver essas experiências é o que mais importa no momento. Sabe aquela história que fala: "ganha tão bem que não tem tempo pra gastar o que se ganha"? Em dezembro é um pouco assim, já que minha jornada de trabalho acaba se estendendo até as 20:00 nos dias de semana. Sem falar nos finais de semana, onde acabo ocupando meu sábado com as questões profissionais. Longe de ser reclamação, esta situação me proporciona um extra que é muito bem aplicado nas experiências a serem colhidas em 2013. Uma primeira olhada no calendário, me sugere uma participação em uma corrida de montanha no mês de março, mais precisamente dia 31, anunciada no site Corridas de Montanha aqui . 50 km em trilhas na região de Pa