Postagens

Mostrando postagens de 2009

Um Feliz 2010 a todos (e aquelas belas palavras de sempre)

Imagem
Datas são convenções criadas pelo homem. O que mais valorizo nas datas é a possibilidade de algumas delas servirem para comemorações. 2009 foi totalmente excelente, como diria meu amigo Paulo Bonfá do MTV Rockgol. Portanto merece celebração. E 2010 promete ainda mais. Além das maratonas em trilha e asfalto (essas apenas como treinamento), as primeiras ultramaratonas pintando, estou com uma vontade irresistível de conciliar essa atividade com muitos pedais na minha Mountain Bike. Minha idéia é até mesmo competir no Campeonato Metropolitano de Mountain Bike em 2010, da mesma forma que faço nas corridas a pé: sem cobranças por resultados, apenas por diversão. Vamos ver o que irá rolar. De novidade apresento abaixo apenas uma imagem do modelo que me acompanhará em várias corridas de montanha em 2010. Este é o Lafuma Skelet Running . Pesando apenas 290 gramas ele é um intermezzo entre um tênis e uma sandália. Muito confortável, com solado baixo, ideal para proporcionar uma pisada correta,

George, Deuter, Lafuma, Lorpen, Suum e outros mais

Imagem
Um tantinho atrasado mas aqui está o post divulgando algumas marcas que estarão com o George em 2010. Na verdade todas elas são atendidas no Brasil pela Proativa, que as representa no depto comercial, em uma parceria com a Nautika. A Lafuma é uma marca francesa e segundo informa o seu site no Brasil , ela foi fundada em 1930 pelos irmãos Lafuma no coração dos Alpes, foi responsável pelo desenvolvimento de inúmeros avanços nos equipamentos que ajudaram a moldar a face do montanhismo. Cada produto é desenhado e testado com a ajuda dos melhores atletas em todas as épocas, buscando serem funcionais mesmo sob condições extremas. Novas tecnologias patenteadas e exclusivas, tais como o Outdry® que garante maior impermeabilidade com maior respirabilidade, traz um conforto nunca antes sentido em um calçado. Na area ambiental destacamos a parceria com a WWF e o fato dela ser membro do conselho consultivo do “Global Compact” iniciativa mundial com respaldo da ONU que busca a promoção dos di

George em 2010 - Coming Good News

Imagem
Como já disse anteriormente, 2009 foi um ano muito produtivo em termos esportivos. Rolaram as primeiras maratonas, algumas em sequência. Rolaram cumes nos Andes, inclusive. A vida pessoal também esteve agitada mas agora passa por um momento de desejada calma. importantíssimo para cumprir as ousadas metas de 2010 . E tranquilidade vem também das condições fornecidas por pessoas que acreditam que um sonho é possível de ser realizado. Existem pessoas acreditando no George em 2010. Além dos amigos, família e leitores do blog que com suas leituras e comentários sempre me motivam a escrever aqui, tenho empresas que acreditam no George e estaram de alguma forma fornecendo um bom suporte. Essas empresas consistem do trabalho de muitas pessoas e a elas também devo meu agradecimento. Em 2009 contei com apoio da Território Mountain Shop e da Deuter para a temporada de corridas. Na Expedição Território Rarefeito Andes 2009 , além das marcas, já citadas tive apoio também da Botas Nômade , Princet

Um mês tampão

Não há muito o que esperar de dezembro em termos de corridas. Não para mim, que dispenso a São Silvestre (um dia quero corrê-la, mas ainda não é o momento) e dispensei a Volta da Pampulha (essa será pouco provável que eu corra, visto minha implicância com corridas à margem da tal lagoa). Resta então começar uns trotes leves, já que estou 100% reuperado da Maratona de Curitiba e os objetivos esportivos de 2010 são bastante ambiciosos. Na semana anterior passei por um episódio viral bastante intenso, com febre na casa dos 39 graus e dores generalizadas. Tudo não passou de dois dias, porém foi o suficiente para "secar" um pouco mais. Que venha então a segunda quinzena desse mês, com trotes leves nos dias mais tranquilos do trampo (correria total no Território Online). E para não perder o mês nada melhor que não se cobrar demais com relação aos treinos para se manter motivado na hora certa, quando o bicho começar a pegar. E vamos nos falando.

K42 Bombinhas 2010 - Porque correr outra vez essa prova?

Imagem
Fantástica! Esse é apenas um dos adjetivos "pesados" que eu poderia usar para definir essa prova que rolou em agosto de 2009 e que tive a oportunidade de participar. Por tudo de bom que rolou nessa competição é certo que lá estarei no próximo ano. Recomendo fortemente para aqueles que buscam fugir da mesmice das corridas de rua. Aviso: correr em trilhas, praias e estradas de terra é altamente viciante! Em 2010 ela está marcada para o dia 22 de maio e lá estarei com certeza, apesar de ainda não inscrito. Abaixo segue release fornecido pela organização da prova, divulgando-a: O K42 volta ao Brasil Começou a inscrição ao Vila do Farol K42 Bombinhas Adventure Marathon, cuja 2ª Edi ção se realizará em Bombinhas, SC – Brasil, o sábado 22 de maio de 2010. A primeira edição, em agosto de 2009, foi um sucesso de concorrência, resultaram vencedores Giliard Pinheiro (nativo de Bombinhas), e D ébora Simas (de Florianópolis) que foram premiados pela Pousada Vila do Farol (como tudo pa

Resultados (atualizado em 05/2010)

(Apenas Corridas de Montanha e Maratonas) Maio 2010 22 – K42 Bombinhas Adventure Marathon 42 km - Bombinhas - SC 6h12’59” - 8º na categoria 30-34 anos. Março 2010 27 - Copa Paulista de Corridas de Montanha, 1ª Etapa 12 km - Paranapiacaba - SP 1h21'36" - 8° na categoria 30-34 anos. RESUMO 2009 *Primeira vez que corri a distância da maratona. *Cinco maratonas em cinco meses, sendo três delas no intervalo de 29 dias. *Três maratonas foram em trilhas e duas no asfalto. *Duas maratonas em dois dias consecutivos, o Desafio Praias e Trilhas. *Considerada pelos atletas como mais difícil que a Comrades, tradicional prova de 87 Km em asfalto na África do Sul. Novembro 2009 22 - Maratona de Curitiba 42 km - Curitiba - PR 4h37'11" - 187/ na categoria 30-34 anos. Outubro 2009 24 e 25 – Desafio Praias e Trilhas 84 km - Florianópolis - SC 15h59’25” - 6º na categoria 30-34 anos. Agosto 2009 15 – K42 Bombinhas Adventure Marathon 42 km - Bombinhas - SC 5h48’43” - 13º na categoria 30-

Maratona de Curitiba 2009 - Post Técnico

Imagem
No começo do dia o céu azul logo ao amanhecer (algo pouco comum na terra dos pinheirais) já anunciava que o dia seria quente. Na largada logo cedo, já fazia 23 graus. Na Maratona do Rio que fiz esse ano no mesmo horário estava 18 graus. Como havia me programado para correr apenas uns 10 ou 20 quilômetros corri de uma maneira mais displicente. Nada de meias de compressão e nenhum cuidado pré-prova, já que na semana anterior não caprichei nos carboidratos nem na hidratação. Além disso, na véspera andei feito um doido pela cidade. Mas quando alinhei na Av. Cândido de Abreu pouco antes das oito da manhã eu já tinha tudo em mente: 1-) 1 gel GU a cada 45 minutos. 2-) 2 copos de água em cada posto de hidratação. 3-) 40 gramas de ruffles por volta do km 20 junto com uma lata de coca-cola. 4-) Após o km 30 deixar rolar tudo: isotônico, água, o que viesse. 5-) Correr com o coração, até o pórtico de chegada. Porra, como assim correr apenas metade da prova, justo na minha terra natal e com tant

13ª Maratona de Curitiba - 2009 (post piegas)

A vontade era de começar com algum palavrão bem sonoro. A verdade é que minha participação nessa prova foi simplesmente sensacional. não pelo tempo de conclusão, não por ser uma maratona de 42K (essa redundância faz-se bem necessária aos não corredores,rs), não por ser uma corrida na minha amada terra natal. A real é que as 4 horas e 37 minutos que passei oficialmente dentro prova trouxe uma série de sentimentos bons. Estava tão bom que deveria na verdade ter levado mais tempo, mas acabei me empolgando em busca de um ridículo recorde pessoal na distância. Sou avesso a essas bobagens de correr contra os outros ou contra mim mesmo (corro "comigo" e não contra meu tempo anterior). Tudo bullshit para mim. Meu estilo apenas, respeito e admiro os diferentes. Mas voltando à maratona... Um belo domingo de sol e calor na capital dos paranaenses como eu. Desde a sexta feira eu já estava travando contato com pessoas que se mostraram super especiais, principalmente a @liliansilvapp , a @

Santiago - Montanhas Chilenas

Imagem
Apresento aqui um textinho básico sobre os dias que eu e a Lígia passamos nas montanhas chilenas. Chegamos em Santiago, capital do país no dia 06 de fevereiro. Após o retorno da traumática Puente del Inca (um dia escrevo a respeito da comercialização da montanha), decidimos ir para lá, fazer um pouco de turismo. convencional. Com a missao cumprida no Cordón del Plata (atingir uma montanha de 6.000 metros) e com a péssima temporada no Aconcágua esse ano, com mau tempo, poucos sucessos e muitas mortes; foi a melhor decisao que poderíamos tomar. Mas, montanhistas que somos, nao nos aguentamos. Partimos para uma caminhada de quatro dias nos Andes Centrais, indo até o Campo Base do Plomo (famosa montanha da regiao) e subimos ao cume do Cerro La Parva (fotos em breve) com 4.100 metros de altitude. A regiao é muito bonita, com diversas montanhas acima dos 4.000 metros para se culminar. O tempo nao colaborou muito nos dois primeiros dias, impedindo que realizássemos algumas atividades. Somente

Maratona de Curitiba

Vai rolar neste domingo a Maratona de Curitiba, na bela capital paranaense. Porém mais importante que correr a maratona (vpu correr uns 20 Km apenas, será receber bons amigos de outros cantos do país. Porque para mim a amizade, o companheirismo e o carinho é das coisas mais importantes que a corrida me traz. Aqui estarão o Hideaki, o João Gabbardo , a @yaraachoa , a @liliansilvapp , o @antoniocolucci , o @marcoboss e muitos outros que peço que perdoem por esquecer. Citei aqui apenas aqueles que tenho maior contato. Portanto vamos lá, força sempre para todos e semana que vem eu volto com comentários sobre meu calendário 2010. Grande abraço!

Equipamentos - julho de 2009

Muita gente pensa que para correr basta calçar um tênis e tocar pra frente. Sim, é possível. Mas quando se busca um pouco mais de performance, corridas mais longas ou encarar trilhas, alguns outros itens são importantes. Além do básico tênis, shorts e camiseta, em alguns treinos ou provas podem ser necessários abrigos de mau tempo, lanternas (corridas nournas em trilha), mochilas de hidratação e mais. Neste post segue uma pequena relação do material que uso para corridas. Alguns poucos deles eu já citei aqui e disponibilizo os links. Em breve vou escrevendo sobre os demais equipamentos e vou atualizando os links. O que estou usando: Tênis de Corrida de Rua: Joma Hispalis IV Mizuno Prorunner 9 Mizuno Prorunner 11 Tênis de Corrida de Montanha: Salomon XT Wings Salomon GCS Salomon Speedcross II Meias: Mizuno Performance Prorunner Solo Trail Kendall Média Compressão (para distâncias acima de 30 km) Sistemas de Hidratação: Pochete Kailash Hydrocombo Cinto de Hidratação Asics Mochila Deuter

If God Wil Send His Angels

Nobody else here baby No-one else here to blame No-one to point the finger It's just you and me and the rain. Nobody made you do it No one put words in your mouth. Nobody here taking orders When love took a train heading south. It's the blind leading the blond It's the stuff, it's the stuff of country songs. Hey, if God will send his angels And if God will send a sign And if God will send his angels Would everything be alright? God's got his phone off the hook, babe Would he even pick up if he could? It's been a while since we saw that child Hangin' round this neighbourhood. See his mother dealing in a doorway See Father Christmas with a begging bowl. And Jesus' sister's eyes are a blister The High Street never looked so low. It's the blind leading the blond It's the cops collecting for the cons. So where is the hope and Where is the faith and the love? What's that you say to me Does love light up your Christmas tree? The next minute you&

Eu já caí

Treino apenas com relógio. Já caí no "conto do GPS" que nao tem precisão que justifique o investimento. Já caí no "conto do monitor cardíaco" também, mas descobri que se eu consigo conversar enquanto eu corro eu estou em um ritmo seguro para minha saúde. Já caí no "conto da pista de corrida", onde em vez de desviar de carros tenho que desviar de pessoas passeando com seus caezinhos defecando no chão. Já caí no "conto da assessoria esportiva" que pra mim se presta a apenas duas funções: fazer social pós-treino e provas ou correr mais rápido (não necessariamente mais feliz), o que não é definitivamente meu interesse na corrida. Já caí no "conto do tenis caro e importado especifico pra sua pisada". Tênis pra sua pisada é importante, mas nao precisa ser caro. Desde que abandonei esses itens inúteis pra mim já concluí provas que jamais pensei ser capaz de fazer enquanto me bitolava no que um polar ou um livro me dizia. Dizem os "doutore

Algumas imagens do George durante a Praias e Trilhas 2009

Imagem
Salve povo das corridas! Chegaram as fotos que a Equipe Território Mountain Team comprou junto à Foco Radical retratando a participação de seus atletas no Desafio Praias e Trilhas 2010. Segue abaixo algumas imagens da galera em ação. George: Geison: Eliandro: Equipe:

Vídeo da Praias e Trilhas (parte I)

Demorou mas saiu... Segue a primeira parte do video da Praias e Trilhas (sem fundo musical, obrigado pela dica Rodrigo do Transpirando.com , no próximo vai rolar um som de acordo). O vídeo está publicado com exclusividade no site www.ox3mag.com , onde sou colunista e colaboraor. Enjoy!

Corrida Poderes da Lua - Como foi

Foi ótimo, muito bom! O percurso que cruzava as ruas centrais de Belo Horizonte era muito interessante, dando aos corredores a oportunidade quase única de sair das rotineiras corridas na orla da fétida Lagoa da Pampulha. Apesar dos comentários dos atletas de que a prova teve menos de que os 6 Km anunciados esse fator foi pouco importante diante da precisa organização, do horário de largada respeitado, da premiação agilizada e da simpatia do pessoal do staff. Corri os quase 6 Km em 24'45" , o que pra um pangaré das longas distâncias esteve de bom tamanho. Estarei presente nas próximas edições sempre que as datas coincidirem com alguma ida minha a Belo Horizonte. E amanha um novo vídeo da Praias e Trilhas. Um abraço.

Sobre os fracassados

Imagem
Acredito fielmente nisso em particular: Sonhe grande, realize grande. Sonhe pequeno, realize pequeno. Coloque objetivos verdadeiros, duros, instigantes. Nada de falsa modéstia, complexos de inferioridade. Para muitos a Volta Internacional da Pampulha ou as provas de modinha são uma grande realização. Essas provas devem ser sonhadas e realizadas por quem as sonha. Porque como ja dizia Amyr Klink: Nunca desdenhe dos sonhos, porque só nós sabemos o quanto custa sonhá-los. Neste 2009 segui todos os meus sonhos esportivos e digo de boca cheia que os realizei. Dizem os "experts" de internet e da ciência que maratona agride o corpo. Fazer duas maratonas num intervalo de 48 dias? Impensável. Mas fiz, sendo uma delas em trilhas, o que para alguns chegou a soar como um passeio, dada a "lentidão" da prova. Dois meses depois fiz uma ultramaratona em trilhas, a coisa mais dificil que poderia pensar fazer em minha curta carreira de corredor. 84 Km em quase 16 horas. Dois dias de

Um aperitivo do Desafio Praias e Trilhas

Aumente o volume. Mas não muito... Estava ventando bastante nesse trecho então minha narrativa soa um pouco apagada. Videozinho tosco mas que serve para dar noçao de algumas belezas e dificuldades do percurso que enfrentamos. É apenas o primeiro vídeo. Buenas e enjoy!

Corrida Poderes da Lua

Imagem
Em meus tempos de BH eu vivia reclamando que a grande maioria das corridas de rua só rolavam na orla da fétida Lagoa da Pampulha. Alguns organizadores ouviram não apenas minhas reclamações mas também de muitos dos adeptos deste esporte na capital mineira e começaram a se mexer para realizar eventos em locais diferentes. Muitos organizadores argumentavam que o grande empecilho era a BHTRANS que temia a indignação dos mau-educados (em geral) motoristas belorizontinos. Eu mesmo ouvi durante uma prova - que teve obviamente o trânsito interditado por alguns minutos para a passagem dos corredores - que nós devíamos estar correndo em uma esteira, para não atrapalhar o mané que queria rodar com sua lata velha pelo sabadão à tarde. Um mottorista que pensa dessa forma merece mesmo passar seus dias trancado em congestionamentos. Mas o post não é sobre isso. É sobre a iniciativa que a empresa 4 Cabeça está levando adiante. Já não bastasse a realização da ótima Desafio das Matas , agora eles chegam

Desafio Praias e Trilhas 2009

Imagem
Sim, sobrevivi! Correr a Praias e Trilhas é modo de dizer. Tem tanto barranco que se anda muito. E quando é plano, nas praias, a areia é solta. No revezamento em tres pessoas com certeza a parada foi muito dura também. E tudo sem propagandas em revistas, tudo sem televisão, muito menos sem "seletivas" por assessorias convidadas apenas com interesse em vender determinado produto. No Desafio Praias e Trilhas a seletiva era mesmo a coragem de encarar 84 km em terrenos irregulares, pagar por isso e receber em troca muito mais que holofotes. Recebemos belas paisagens, muito companheirismo, além de uma excelente organização comandada pelo Prof. Carlos Duarte e sua eficientíssima equipe da Ecofloripa Eventos. Três companheiros de experiência lá estiveram e convido vocês a lerem seus relatos: o Alberto Peixoto , o João Gabbardo e o Daniel Meyer , vencedor do ano passado. Cada um conta a seu modo como foi a experiência de participar de um evento deste porte. De minha parte posso dize

Aiai aiai aiaiai... Tá chegando a hora, Floripa já vem chegando meu bem...

No início da tarde deixo a bela capital de todos os paranaenses rumo à mais bela ainda capital de todos os catarinenses. Que venha o Desafio Praias e Trilhas . Agora já era. Quem treinou, treinou. Confesso que treinei muito menos do que eu pretendia nas últimas semanas. Fiz um bom treino de 38K. Na semana seguinte mandei um mini-simulado com dois dias correndo 24K cada dia, pra ver como meu corpo reagiria com duas cargas sucessivas. Foi bom. Confio na minha base geral, desde que comecei a subir montanhas em 1995. Nesse tempo passei mais de 200 dias caminhando com 20 Kg nas costas em nossa querida Serra do Mar paranaenses. Muitas montanhas percorri também em MG, ES, SP e RJ. Por várias vezes passei a noite em claro, caminhando em trilhas desconhecidas, me perdendo e me achando, isso tudo em tempos que GPS, Polar e Ipod era imaginação dos desenhistas dos Jetsons. Pedalei milhares de quilômetros, corri outros tantos, subi montanhas com mais de 6.000 metros na Argentina e fracassei em algu

Joguei Fora o Meu Polar

Ops, na verdade não era um Polar, era um Timex HRM 2004. Mas era sim um monitor cardíaco, cuja marca finlandesa tornou-se praticamente sinônimo do artefato tal qual lâmina de barbear é Gillete e comida-lixo (junk food) é McDonalds. O caso é que joguei fora sem dó. Aterrissou em um matagal próximo de onde me escondo às noites de dias úteis e principalmente nos dias inúteis, onde sua única utilidade é fornecer-me um pouco de luz para atirar-me passada após passada. Só assim mesmo para livrar-me da escuridão úmida e fria das encostas da Serra do Mar, quando de Lunes a Martes as obrigações diárias obrigam-me a correr bem no horário em que os galos cantam. O caso é que joguei fora sem dó. Com certeza sua pulseira estava mais partida que coração de emo. Os trezentos mangos investidos agora irão se decompor vagarosamente (muito feio isso de jogar lixo no mato George, principalmente para um metido ambientalista que és!), o aço, o cristal e o petróleo em breve estarão sepultados, cobertos de ma

Como correr sua primeira maratona

Conforme prometido... Que roubada... A amiga Patrícia do blogue Correr para a Vida já deixou um comentário no post anterior já se dizendo ansiosa por este texto que aparece aqui. Deixou responsa pra mim hein, rs? A Lilian de Presidente Prudente, através do twitter , também anda bastante acesa com a idéia de correr a Martona de Curitiba aqgora no próximo mês.. Mas na verdade é apenas mais um exemplo de como o assunto é fascinante e da esperança que muitos, assim como eu, possam encontrar uma espécie de receita de bolo de maratona. Nessa receita entrariam os ingredientes (treinamento, descanso, alimentação, equipamentos, etc) e o modo de preparo (treinar tantos km, comer isso ou aquilo, usar essa meia, etc). Não sei fazer as contas de quantos reais gastei comprando revistas, me informando, buscando realmente uma solução mágica para correr minha primeira maratona. Anos de leituras, pesquisas, perguntas aos corredores... No fim das contas a receita já tentou ser aprontada por várias pesso

Reduzindo o volume

O post anterior deste blog dizia o contrário. Agora chegou a hora de baixar, para não me arrebentar até o Desafio Praias e Trilhas. Bloguezinho mei abandonadim... Bah, correria no site www.territorioonline.com.br . Além de assumir a gerência do site, o cara do marketing pegou uma semana de férias e sobrou pra mim. Mas amanhã tudo volta ao normal por aqui e logo vai rolar algo interessante para ir postando aqui, afinal já percebi no Google Analytics que as visitas caíram quando passei a postar apenas uma veze por semana. Sinal que o caminho estava correto e o pessoal lê mesmo este blog. Ressurgirei ainda esta semana com algo bem interessante para os leitores. Uma manchete fácil de vender mas que passará apenas minha experiência pessoal: Como correr sua primeira maratona. Que venha logo então essa quinta feira, ok? Grande abraço!

Aumentando o volume

E não é do som...é dos treinos mesmo. Como já escrevi no post anterior a idéia do final de semana era correr 24 Km no sábado e 24 Km no domingo. Operação realizada com sucesso! Como errei na dose ontem, ao correr rápido demais para meus padrões, hoje peguei leve no ritmo e mesmo assim senti um pouco. Sem falar que saí de casa apenas às 10:45 da manhã, pouco antes de abrir um sol forte demais para meus padrões curitibanos. A temperatura aumentou e causou um desgaste maior do que eu havia previsto. Decidi-me por treinar em um dos meus circuitos favoritos, o do Japonês , aqui mesmo em Campina Grande do Sul. Este trajeto conta com bastante subida e oferece trilhas paralelas que proporcionam diversão e um ótimo treino de propriocepção , fundamental para quem leva o trail running como atividade esportiva principal (cada dia que passa menos gosto de correr no asfalto). Corri o mais devagar possível, caminhando nas subidas mais íngremes, com a idéia de fazer um pace médio de 7:00 min por quilô

Um pouco sobre o Desafio Praias e Trilhas

Imagem
Bem, havia escrito no post anterior que discorreria algumas linhas sobre o Desafio Praias e Trilhas , prova que irei participar dentro de 3 semanas. Esta é uma prova única no Brasil, que consiste em correr duas maratonas em dois dias consecutivos. Outro diferencial é que o percurso desses dois dias são feitos preferencialmente fora do asfalto, bem ao meu gosto. Confira abaixo como funciona isso: O percurso total tem 84km (todo medido com GPS), 42,2 Km por dia. 1º dia: 21,3 km de praias, 14,8 km de trilhas, 5,0 km de estradas. 2º dia: 21,6km de praias, 17,2 km de trilhas, 1,6 km de estradas, 0,9 km de dunas, 0,9 km de costão. No meu caso será um desafio e tanto. Em meu primeiro ano encarando distâncias realmente longas, a Praias e Trilhas será mais um "dream come true". 2009 realmente se revela um ano extremamente especial. Concluí minha primeira maratona (no Rio de Janeiro ) e 47 dias depois concluí minha primeira prova com essa distância em terrenos acidentados (a K42 Bombin