Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Maratona de Foz do Iguaçu 2010 - Considerações Finais

Imagem
Buenas! Acho que é sempre necessário um espaço de tempo antes de tomar certas decisões importantes para nossa vida... A verdade é que poucas vezes na vida senti tanta dor ao correr, como senti nessa Maratona de Foz do Iguaçu. Por diversas vezes, durante a prova, eu prometi a mim mesmo não submeter meu organismo a esse sacrifício. Gosto de curtir quando eu corro, e não ficar contando minutos e quilômetros, como fiz em diversos trechos desta corrida. Por este motivo, havia decidido, ao final da prova, não correr mais esse tipo de distância no asfalto, onde para mim tudo é mais enfadonho. Claro que o desafio é motivador e leva a gente adiante. Mas penso que talvez tenha chegado ao meu limite. Não, esse post não é sobre parar de correr maratonas. Esse post é sobre correr mais e mais. Treinar mais e mais. Para que não haja dor, para que a experiência seja mais prazerosa. Obviamente prefiro as corridas em trilhas, mas o asfalto também tem a sua graça. É outro esporte. Sou um cara do mato, da

Maratona de Foz do Iguaçu 2010 - Considerações Gerais

Imagem
A prova é sensacional! Já tinha ouvido falar muito bem da prova e da cidade de Foz do Iguaçu, e mesmo assim, minhas expectativas foram amplamente superadas. Segue breve resumo da empreitada chamada erroneamente (de forma proposital) por mim, nos posts anteriores, de Maratona das Cataratas. Trata-se, na verdade dos fatos, da maratona Internacional de Foz do Iguaçu. Acesso: Saí de Curitiba em um ônibus de linha, no horário das 22:15 da sexta feira dia 24 de setembro. A empresa transportadora é a Viação Catarinense e oferece um serviço de qualidade pelo valor razoável de 100 reais, aproximadamente. Já no busão, era possível reconhecer a "fauna" típica que representa os corredores. Tênis e agasalhos deduravam as intenções destes passageiros e já ajudava a criar um clima promissor. Cheguei ao destino por volta das sete da manhã e já havia alguns microônibus da organização da Maratona (a cargo do SESC-PR) aguardando os atletas que chegavam de diversos destinos e aptos a distribuir

Um beijo na bunda e até segunda!

Imagem
Buenas! Rumo a Foz do Iguaçu e até segunda-feira, quando espero poder compartilhar com vocês mais uma experiência de correr maratonas apenas por prazer, sem se preocupar com o tempo de conclusão, mas sim em aproveitar a prova, o percurso, as pessoas e o astral. Um grande abraço e obrigado pela torcida que tenho recebido durante essa semana. Valeus!

Maratona de Foz (pré-prova)

Imagem
Buenas! Esta semana, além da ansiedade natural, promete ser de muita chuva para as bandas das três fronteiras conforme imagem com a previsão do tempo abaixo (clique na imagem para ampliar). Espero, pelo menos, que as cataratas estejam com boa vazão, para que minha passagem por lá seja ainda mais inesquecível. Eu, como montanhista e aventureiro ávido por lugares pouco frequentados e mais alternativos, confesso que estou bastante animado em conhecer uma das atrações turísticas mais visitadas do Brasil. Afinal, são as Cataratas do Iguaçu, porra! E o mais bacana: sairei correndo da Usina de Itaipu e chegarei nas Cataratas pelas minhas próprias pernas! Isso, pra mim, tem uma simbologia fantástica. Isso me realiza muito mais do que ficar dando voltas em São Paulo ou Porto Alegre, participando de suas maratonas, por exemplo, com o objetivo de fazer tempo. Curitiba tem um valor simbólico para mim, é minha cidade natal, então, sempre que puder vou correr sua maratona. No Rio também achei muito

Polimento para a Maratona das Cataratas 2010

Imagem
Ou seria para a Ultramaratón de Los Andes que vai rolar em menos de um mês? Não sei. Nem to fazendo polimento coisa nenhuma. Na semana anterior às maratonas que participei, eu apenas evitava correr nos 3 ou 4 dias anteriores. Isso significa que devo rodar um pouco nesta terça e na quarta, no máximo uns 15 km na soma dos dois dias. O que tinha que treinar foi (ou não) treinado. Falando nisso, admiro essa seriedade toda presente em muitos atletas amadores antes de uma prova como essas. Não que eu despreze a maratona, muito pelo contrário. Levei 16 anos de corridas de no máximo 28 quilômetros para decidir encarar a minha primeira prova na mítica distância. Mas eu corro por prazer, por tesão e não por performance. E quem passa por aqui já está cansado de saber disso. De toda forma, espero que mais e mais pessoas possam jogar fora seu Polar e se divertir mais. Portanto, nada de muito rigoroso no polimento também. Meu corpo se sente bem descansando esses dias todos antes de uma Maratona.

Confissões

Imagem
Queria poder curtir um final de semana de preguiça sem me cobrar tanto. Porra, to treinado, corro pra cacete o quanto e quando quiser. Vou chegar lá no Chile e completar os 50K de corrida com um mínimo de treino porque tenho a mente preparada pra isso...quem me levará adiante, e sempre me levou, é a mente é o jamais desistir, qualquer que seja a dor. Se não completar essa corrida será por doença, não por cansaço. Não, não é o fisico, jamais foi... Eu não tenho essa força, esse preparo físico todo... mas quando eu estou motivado pra ir até o fim eu faço até a Badwater. Eu sei o que é ter que andar, andar e andar... O mais rápido possivel porque era a única alternativa pra nao morrer. Já passei por duas ou tres situações assim em minha vida de montanhista. Passei um dia todo andando por montanhas secas e desconhecidas sem uma maldita gota de água em 2002, a ponto de quando encontrei uma pedra coberta limo úmido eu sorvi aquilo como se fosse a mais gelada das cervejas. Tentei, com alguns

Mídia - George Volpão em caderno especial da Gooutside

Imagem
Bem, Acho que existe uma linha muito tênue, que eu mesmo muitas vezes não sei identificar, entre massagear nossos egos com conquistas duvidosas e repassar informações pertinentes, compartilhar acontecimentos e alegrias. Tento, na medida do possível, guardar muitas alegrias e conquistas comigo mesmo. Tornar públicas certas coisas me trazem sentimentos dúbios, um misto de exibicionismo por um lado, com um tanto de satisfação pessoal, pela conquista de alguns objetivos. Mas este espaço aqui, que é mantido muitas vezes com esforço, devido ao pouco tempo que tenho para atualizações e discursos sobre ética, prazer e valores, tem um valor importante para mim. Através dele consiugo passara dianta muito do que acredito e conquisto. Existem pessoas e empresas por trás disso, que acreditam nisso tudo e me valorizam, mesmo (ou até mesmo por isso, por ser autêntico nos pensamentos e ações) com as polêmicas que sempre levando. Então, a partir de hoje compartilharei também com vocês, tudo aquilo que

Uma semana de algumas decisões

Imagem
Gosto muito quando as coisas acontecem naturalmente. Mas, por vezes, precisamos fazer a coisa andar mais rápido. Com a chegada do final do ano e, principalmente, minha ansiedade típica para que 2011 comece tão bem quanto este ano começou para mim (motivação), me levam a tentar apressar algumas coisas. Portanto, essa é semana de definir calendário 2011 e a verba necessária para isso, preservar as boas parcerias, dar valor a quem merece, deixar para trás os losers de uma vez por todas, colocar no papel quem está, de fato, proporcionando verdades na minha vida e, finalmente, colocar na cabeça que se eu não fizer a minha parte, ninguém poderá fazê-la por mim. 10 dias para Foz do Iguaçu e menos de um mês pra ultra dos andes. E sem essa de ficar contando dias e horas, porque acho brega pra cacete. Beijos e abraços!

Week Summary - 06 a 12 de setembro

Imagem
Segue o resumão! 06-09-10 Day-Off , sem treinos, para os que preferem em português. 07-09-10 Tarde: 21K - Bike em pouco mais de uma hora. Friozinho gostoso no feriado da independência. Bom pra pedalar um pouco, em uma belíssima estrada, mais adequada ao MTB do que à minha speedzinha. Espírito das trilhas permanece até no meu ciclismo de estrada! 08-09-10 Tarde: 13K em 1h05'00" , quase todo em estrada de chão. Ótima corrida com um bocado de subidas, descidas e estradas de chão. Uma semana sem correr me fez muito bem! 09-09-10 Noite: 8K em 48'03" , todo em asfalto, pelas ruas de Curitiba. Tava frio e chuviscando. Pernas pesadas... 10-09-10 Day-Off , sem treinos. Sexta-feira é, naturalmente o dia em que dou um descanso. Então não tem porque ficar aqui justificando, hehe (texto tipo ctrl+c, ctrl+v). 11-09-10 Manhã: 34K em 3h42' , quase todo em terra batida. Tesão de corrida longa em Brasília, sob muita secura e calor. Quase 30 graus. Muita grama e terra batida, p

Correr em montanhas (imagens)

Imagem
Algumas imagens inspiradoradoras sobre as verdadeiras corridas de montanha que rolam na Europa (já corri provas com esse nivel de dificuldade aqui no Paraná, em 2007). São imagens retiradas do Facebook do atleta catalão Kilian Jornet. Quem sabe, assim fique mais fácil entender quando eu digo que corridas de montanha e corridas de asfalto são esportes diferentes. Jamais será minha intenção afirmar que um é melhor, mais difícil, mais emocionante que o outro. Tenho apenas minha preferência e o clamor das montanhas sempre me levam a elas , no fim das contas. Buenas!

The North Face Endurance Challenge - Ultramaratón de Los Andes 2010 (post IV)

Imagem

The North Face Endurance Challenge - Ultramaratón de Los Andes 2010 (post III)

Segue abaixo um vídeo promocional , com imagens da prova do ano passado. Dá pra ver que a energia, o astral, as paisagens e, principalmente, o desafio é dos melhores! Nesta corrida, o percurso e as distâncias são seletivas, e não a disponibilidade econômica (inscrição mais barata que muita corrida de modinha). Não precisa fazer parte de assessoria, nem ser bem relacionado e nesta competição, com certeza, vai quem quer. Na verdade, acho até mesmo que não se trata de uma corrida. É, na verdade, uma celebração por estar ao ar livre, longe dos carros, da poluição e dos cronômetros. Estar nas montanhas é, definitivamente, mais que um esporte, um estilo ou um rótulo. É preciso amá-las com intensidade. E isso, sei o que digo, não é para qualquer um. Convido você a ir e, quem sabe, se apaixonar pelas alturas. Como eu. Como estou saindo de férias em outubro, nada melhor que coincidir com essa competição realizada na maravilha que são os Andes Centrais, onde já estive no início de 2009. Estou