Postagens

Mostrando postagens de 2015

Contato

Fale comigo pelo e-mail: georgevolpao@gmail.com Obrigado!

Numa das curvas desta highway

Imagem
Para morrer basta estar vivo. E numa das curvas de uma highway eu vi a morte. Ou melhor, em duas curvas. Na primeira, na verdade, eu vi quatro mortes. Um automóvel completamente destruído e pelo menos dois corpos humanos também, absolutamente destruídos. Soubemos depois que quatro dos cinco ocupantes haviam falecido no local. Um pouco mais adiante um caminhão desses com reboque, parcialmente avariado. Mas o automóvel...  Início pouco auspicioso para uma viagem de 250 quilômetros que fiz com a Ana Barbara neste final de semana passado para assistir um show do Humberto Gessinger na sexta-feira dia 24 de junho. Chovia bastante, pista simples, alguns motoristas demonstrando imprudências absurdas. Trafegávamos nos regulamentares 80 km/h que era indicado como velocidade máxima permitida e fomos ultrapassados duas vezes, pasmem, pelo acostamento. Sim, com chuva e trânsito intenso de caminhões. E ainda não estávamos nem com 60 quilômetros de viagem. Pouco mais de uma hora dep

Na sequência das corridas e treinos

Imagem
Barbaridade. Até eu estou surpreso com minha dedicação. Após a bike nova que comentei no post passado, agora são as corridas na rua que estão me empolgando.  Semana passada deu pra rodar 40 km em 4 sessões. E com direito a um longo de 22 km que eu não fazia desde 2013. E foi tranquilo. Como tem sido também as sessões de corrida no horário de almoço, mesmo aquelas mais puxadas, de intensidade. São sessões curtas, entre 30 e 50 minutos, com direito a bons quilômetros de propriocepção sobre os trilhos da região do Bacacheri e Hugo Lange em Curitiba. Tem funcionado muito bem correr com a luz do sol e as vezes até um certo calor. Julho de 2015 tem sido um mês estranho em Curitiba. Apenas uma massa de ar polar com temperaturas próximas do zero. E muita chuva, com algum calor. Bem atípico. Assim, fica mais tranquilo correr entre meio dia e uma da tarde. Vamos correndo, então. Pouca montanha, já que a umidade me espanta. por ora, vamos de asfalto, de Jamur Bik

Nas trilhas, sempre. E com Jamur Bikes e CamelBak

Imagem
Olá, que tal? Já são mais de 40 dias sem escrever aqui... O "Ensaio Sobre a Liberdade" ficou pronto, as quatro músicas já estão disponíveis para quem quiser ouvir (links abaixo) e esse papo foi finalizado. Não foi o resultado que eu esperava, até mesmo porque são músicas antigas e que não refletem muito minha veia musical atual,. como já disse em posts anteriores. Neste intermezzo eu voltei a correr, a pedalar e também a compor um pouco de música. Tudo isso aliado ao meu trabalho na Jamur Bikes. Coisa que aliás vai cada vez melhor, focando no marketing e produção de vídeos. Agora de bike nova (mountain bike), uma grande motivação toma conta para os pedais mais divertidos e longos. Vamos continuar pedalando e correndo em trilha quando possível. Bem, as coisas mudam, sabemos. Quem aí leu esse post triste, irônico e cheio de mágoa: http://www.georgevolpao.com.br/2015/01/capitalismo-malvado-ne.html Quem? Agora não é momento de c

Os Campos do Quiriri - Primeira faixa de Ensaio Sobre A Liberdade

Imagem
"Os Campos do Quiriri" já foi "Os Olhos d'´Água". Já teve um verso assim: "Tudo aconteceu e não tem jeito Estou cansado de procurar defeitos Saí caminhando triste, com o vento E não há tarde de sol que faça o milagre De fazer voltar o tempo" Escrevi esse e outros trechos em 1997. A melodia é basicamente a mesma quando a canção é tocada ao violão. Coisa muito básica, apenas GCG / CGDC / GC. Sério, apenas três das mais básicas notas musicais. Quando comecei a querer gravar esses registros com o auxílio da tecnologia de hoje, peguei estes três acordes e trabalhei em cima de diferentes linhas e frases de guitarra. E, com isso, em momento algum da música eu executo os acordes cheios. Mas sim estas frases que consegui criar pela primeira vez em uma canção. Um pouquinho de distorção, uma levada de bateria e um baixo marcante transformaram totalmente a obra. O que era um simples violão tocando três acordes, agora é uma música composta com o pouco

Ensaio Sobre a Liberdade

Imagem
Bem, amigos. O Ensaio Sobre a Liberdade está pronto. Um EP contendo 4 canções. São elas, por ordem de apresentação: Os Campos do Quiriri ; Só Mais um Dia; Tudo ao Mesmo Tempo; Opium. Finalmente me decidi pelo formato EP para o lançamento. Sim, gostaria muito de um álbum. Mas as demais canções que tenho trabalhado fogem demais daquilo que está registrado neste primeiro "lote" das minhas experiências com composição e gravação. Ouvindo a sequência de músicas com alguns poucos amigos que já tiveram acesso, a conclusão foi fácil: isso é pop rock :) E é curioso como isso "brotou". Essa sonoridade veio bem natural mas é um reflexo muito grande do que eu ouvia na época da composição destas canções (década de 90). Hoje eu escuto outras e variadas coisas. O que criei musicalmente em tempos recentes é muito diferente do que será mostrado no "Ensaio Sobre a Liberdade". O EP tem coisas que gosto muito e que me fascinam pela alma e dedicaçã

Os Campos do Quiriri

Imagem
Porra, que empenho! Estar gravando um disco não é a parte mais difícil e complicada. Escrever, compor e tocar com o mínimo de qualidade é fácil. Complicado mesmo é tornar isso tudo minimamente audível. Até 3 meses atrás eu mal sabia da existência de softwares de mixagem acessíveis a um notebook velho como este que escrevo. Leio muito também em fóruns do assunto com pretensos especialistas falando que isso pode, isso não pode. O ser humano é assim, sempre com suas verdades absolutas. Faço meu trabalho e estou gostando. A primeira canção a ser finalizada é "Os Campos do Quiriri". A música eu compus ao violão em 1997. Havia uma letra horrorosa então... Refiz a letra alguns dias atrás, falando de coisas da montanha. Abaixo um primeiro trecho que já coloquei no youtube. Vai lá se inscreve! Ajuda pra caramba :) Segue o trabalho de mixagem, agora com "Aos Poucos", "Tudo ao Mesmo Tempo" e "Opium". Devo finalizá-las ainda esta

Ciririca, Baby

Imagem
Olá! Com um nome destes, a trilha de acesso ao cume desta montanha não poderia ser diferente disso: foda! Sim, é praticamente um dia inteiro com a mochila nas costas. Animado por uma previsão meteorológica favorável, eu e a Ana Barbara tomamos o rumo desta montanha maldita em uma sexta-feira santa. Ineditismo para a esposa, nona vez para mim. No entanto havia pisado por lá pela última vez no distante agosto de 2008 . Longos 6 anos e meio... Nesse período muita coisa mudou em mim. Física e mentalmente.  Nos primeiros anos daquela década, estar na montanha o máximo possível era a meta. Não importava a lonjura do lugar ou a dificuldade da trilha. O tempo passou, e beirando os quarenta anos de idade, este cara aqui prefere curtir a montanha com calma, sem pressa. Mas como a Ana Barbara queria muito conhecer este cume e eu entendi o feriado como ótima oportunidade de desafio. Lá fomos. Quase dez horas de caminhada árdua, em uma trilha muito pouco frequentada, com tre

Oh sim, Estou tão cansado...

Imagem
Olá! Post e som novo aqui:  http://www.pepevolpao.com.br/2015/04/im-so-tired-beatles-song-cover.html Andava também cansado da vida que eu levava até o ano passado, como medíocre sub-celebridade de uma modalidade esportiva que muito aprecio. Cansado da futilidade e da artificialidade que dominava - e ainda domina - a cena. Retirei-me dela, sem cerimônias. Nos dias de hoje, ainda pratico o chamado trail running, quando dá. Mas tenho preferido usar o cérebro para outras coisas diferentes de postar fotos legais no "instagram" após uma competição ou treino. Grande abraço a todos.

Musicando

Imagem
Ando musicando muito. Muito significa quantidade e não qualidade. Música é coisa antiga na minha vida mas sempre me dediquei mais a ouvir do que executar. Para aprimorar e me desenvolver tem este espaço aqui: www.pepevolpao.com.br . Todas as sextas feiras vai ter musiquinha por lá. Hoje subi uma versão bem particular de Silver And Gold, do U2 (já ouviu falar né?) Toma:  http://www.pepevolpao.com.br/2015/03/silver-and-gold-u2.html . Beijos e abraços!

Pepe

Imagem
Meu nome completo é George José Volpão. Em espanhol todo José é conhecido por Pepe. Quando estive pela primeira vez na Argentina e Chile em 2009, ao me registrar nas hospedarias e fornecer o nome completo logo ficava conhecido como "Pepe". Gostei! Então, para falar de música, temos aqui: www.pepevolpao.com.br . Semanalmente posts sobre a música que há em mim. Vai lá e assine o blog. É de graça, assim como a música que começo a compartilhar. Beijinhos, amigues (ironia detected).

Ensaio Sobre a Liberdade - O Álbum

Imagem
Olá! Post rápido neste autodeclarado recesso nos escritos e outras notícias do mundo da montanha. Na verdade, pouca montanha. O verão nos matos não me atrai e estou mais indoor do que nunca. Motivo principal: processo de composição, gravação e produção do meu primeiro "álbum" (sou do tempo do long play, lembram?). Bastante animado e contente com as oito canções que tenho trabalhado em cima. Assim foi o chuvoso carnaval de 2015. Algumas composições ainda de 1996, misturado com letras e ajustes atuais que levarão a um resultado que está na minha cabeça. Duro é que, autodidata que sou, estou passando por todo o processo de aprender a mexer com equipamentos eletrônicos para que o resultado seja o menos medíocre possível. Em um post futuro, abrirei um pouco mais dessa veia musical que aflorou ainda na barriga da minha mãe em um distante 1977. Tenho ouvido muita música, estudado bastante o processo de composição, canto, violões, gui

Review La Sportiva Anakonda - Avaliação

Imagem
Olá, amigos! Enfim, coloco aqui as minhas impressões sobre o Tênis La Sportiva Anakonda, um montnheiro de primeira categoria. Acho IMPORTANTÍSSIMO deixar claro que não tenho meu nome vinculada a nenhuma fabricante e/importador de equipamentos. Recebo os produtos para as avaliações graças ao meu trabalho de sete anos visando unicamente o crescimento saudável da modalidade. E assim os produtos são avaliados: de maneira equilibrada, despida de paixões e absolutamente isenta. Todos iguais. Proposta: Avaliar de maneira direta e sem frescuras inúmeros produtos que são oferecidos no mercado nacional de trail running e corrida de montanha. Importante lembrar que escolhi parâmetros de avaliação baseados no renomado site  TrailRunning Review . É preciso que entendamos que não existe o "melhor calçado para trail running". Cada tipo de terreno sugere uma característica que seja mais desejável encontrar e um calçado.  Item avaliado neste review:  Tênis La Sporti

Vírgula não é ponto final. 6 segundos de atenção

Imagem
Olá! Post rápido para escrever que vai rolar uma pausa nos escritos por aqui. Muita, mas muita coisa na cabeça. Formulando ideias e teorias para então colocá-las na prática. Evito assim os riscos desnecessários que corri em episódios nos anos recentes. Adianto: Li muito sobre alimentação e nutrição nos últimos 15 dias , buscando base sólida de evidências e experiências de um modelo nutricional que funcione ao meu organismo e que seja ético (sob meu ponto de vista, claro). Basicamente, volto a ser vegano , depois de experiências no caminho oposto a isso e apesar de não gostar de rótulos. Estou me dedicando a um texto mais longo, chamado Ensaio sobre a Liberdade . Minha visão desta importante e tão falada propriedade de nós seres humanos. Deve demorar um pouco porque não quero me atropelar em certas coisas. Formulando uma boa base teórica sobre o Trail Running não competitivo . Para mim, a real essência da modalidade é muito mais que um número de peito e uma medalha no f

Mais Sobre Montanhas (Re) Buscar a Trilha - Está no ar!

Olá, amigos. Está no ar. Espero que desfrutem um pouco deste que é o meu primeiro trabalho com vídeos. O primeiro e não o último sobre trail running. Novas ideias surgem a todo momento. Em março, mais um novo lançamento, com nova identidade visual, novo canal no youtube, site, etc. Mas com a mesma simplicidade. Tudo feito por nós mesmos, eu e a Ana Barbara. Assista abaixo ou aqui . Abraços, boas montanhas!

Para que tanta pressa?

Imagem
Oi! Neste domingo caminhei tranquilamente no Morro do Anhangava. Sem pressa. Adoro estas oportunidades de apresentar a montanha a quem nunca esteve por lá. A Ana Barbara convidou uma amiga dela para conhecer nosso "santuário". Subida tranquila e pacífica. Como ainda era muito cedo, o calor não incomodou. Uma suave brisa e a companhia das andorinhas no cume. Por volta das nove da manhã iniciamos a descida e, aí sim, cruzamos com muita gente. Caminhando reparei certas nuances e detalhes que não me apercebia quando corria por lá. É bom fazer as duas coisas. Adoro o Anhangava, seja para correr, seja para caminhar. Foi realmente muito bom apenas contemplar. E ver desconhecidos felizes, unidos em um mesmo sentimento que o nosso por lá: desfrutar uma manhã de domingo na natureza. Sem pressa em uma manhã de domingo. Eu não tenho ciúmes da montanha. Gostei de ver jovens, crianças e idosos frequentando a região. Seja com o equipamento mais top, seja de baton, jeans e bolsa de

Mais Sobre Montanhas - (Re)Buscar a Trilha - Um trecho

Está quaaaaase pronto. Mais sobre Montanhas - (Re)Buscar a trilha tinha lançamento previsto para 01 de março de 2015. Já era. Vou lançar antes do final de janeiro ;) Estou gostando do resultado, espero que apreciem também. Abaixo mais uns segundinhos para você leitor. Assista aqui ou abaixo. Beijo do gordo!

Um trato no Solar dos Volpão - Vida Simples

Imagem
Post bacana para meninas e para homens com algumas características femininas tipo eu. Além do cabelo comprido - motivo de piada desde meus 12 anos de idade - gosto muito de decoração, de cuidar da casa. Bem, na verdade, aprecio mais planejar e ter ideias. Executar as ideias, como bem sabe minha esposa, é um aspecto que dá alimento à minha procrastinação. De toda forma, botamos a mão na massa, fabricamos a nossa cola lambe-lambe ( vide receita , gostei do link), separamos algumas revistas velhas e lambuzamos dois ambientes. Primeiro, o "escritório", onde guardamos entre outras as coisas, as nossas bicicletas. Elas ficam estacionadas em suportes verticais como estes aqui: http://www.jamurbikes.com.br/produto/101-suporte-vertical-para-parede-altmayer As revistas, além da função decorativa que representa um pouco do caos colorido que habita as mentes do casal, evitam as marcas de pneus nas paredes brancas anteriores à aplicação. Mais cuticuti. E aproveitam

Capitalismo malvado né?

Imagem
Ilustração retirada de um incrível post de Kilian Jornet aqui:  http://goo.gl/MyImwh Palavra em moda, em voga hoje. Influencer... Uma visão de marketing que valoriza a aplicação de força, energia e grana em pessoas ditas formadoras de opinião em detrimento do marketing tradicional, onde o foco é o mercado alvo como um todo. Os influencers podem ser consumidores especificamente ou os formadores de opinião, muitas vezes jornalistas, analistas do setor, consultores. No "meu" caso, atletas e barulhentos de redes sociais. Assim atuei por alguns anos, mesmo sem saber da existência da palavra/conceito desde quando ainda era montanhista no começo dos anos 2000. Sempre rolava um agrado ou outro da indústria, de distribuidores ou de varejo do segmento onde eu me posicionava. A partir de 2007 a coisa foi ficando mais "séria". Surgiram os projetos (a maioria jamais realizada, como escrevi aqui ), vieram várias realizações (no mesmo texto do link anterior) e, princi

Mais Sobre Montanhas (Re)Buscar a Trilha - Intro

Oi Já está quase pronto. Mais Sobre Montanhas - (Re)Buscar a trilha é um humilde curtametragem caseiro mostrando um pouco do que andei aprontando pelas montanhas em 2014. Segue um trechinho: https://www.youtube.com/watch?v=K3s6FtYEoJw   Abraços, bom final de semana!

Anhangava, sempre ele

Imagem
Puxa, vida, que legal! Neste post sem palavrões, uma exclamação educada pode ser a ponte para tentar aprimorar mais as escritas. Realmente, acho que prefiro Thoreau à Bukowski. Assim é a vida, cada um na sua, livre para escolher. No decorrer deste artificial  período de 7 dias chamado semana, consegui encaixar minhas corridinhas na madrugada quatrobarrense. Correr com a passarinhada me faz toda a diferença. O verão 2015 está bem vivo, com temperaturas agradabilíssimas na alvorada. Quem encara as estradas e trilhas da região no inverno certamente se delicia com os 20 graus destas manhãs. Mas o melhor mesmo foi ter retornado ao Anhangava no último sábado. Terceira montanha do ano e primeira vez por lá nos últimos três meses. Porque demorei tanto assim para o reencontro? Bem, a motivação está em alta e ver o sol surgir por trás da montanha enquanto coloco um pé à frente do outro me faz feliz novamente. Às seis saí de casa. Antes das sete já estava nas encostas do vizinh

Vídeo - Um pouco do Morro Caratuva

Imagem
Oi! No post anterior, escrevi sobre comprometer-me a postar uma vez por semana algo por aqui. Vamos além. Quero também colocar os vídeos que faço. Acredito muito nesta forma de comunicação, com vídeos curtos e diretos ao assunto.  Tenho tido grande prazer em fazer os vídeos na empresa onde trabalho, Jamur Bikes. Crio o roteiro, improviso e apresento. Lucas Kania, meu colega de trabalho de 17 anos tem um talento único na edição destas imagens, adicionando efeitos, sacadas bacanas e humor na medida certa para uma empresa que depende de vender produtos. Confira o canal: www.youtube.com/jamurbikes . Mas isso é assunto para outro post. Abaixo e aqui , Um Pouco do Caratuva, o primeiro de uma série de vídeos que quero fazer nos cumes do Paraná. Ah, e inscreva-se no meu canal pessoal ;). http://www.youtube.com/georgevolpao A vida no youtube é mais útil, divertida e interessante que no facebook, não tenha dúvidas! Bom final de semana, caras!

Ano novo, vida nova e mimimi

Imagem
Banho de rio por três dias seguidos. Banho de verdade: peladões. Oi! Primeiro post do ano, já com promessa: Escrever e publicar todas as terças-feiras. Conseguirei? É uma promessa, apenas. Otimista que sou, vai dar certo. Aqui apenas para dizer que as mini-férias foram excelentes. Acampamento na Fazendo Pico Paraná, que prefiro chamar mesmo de Fazenda do Dílson, nome de seu proprietário. Relações pessoais são mais interessantes. Não gostaria que chamasse minha casa de Solar dos Volpão, como as vezes brinco. Casa do George e da Barbara é mais legal. Fomos para lá no último dia do ano. Levamos a barraca grandalhona, aquela que nos serviu de lar nos meses de abril e maio de 2013. Foi muito bom voltar ao "velho lar", mesmo com o colchão de ar apresentando vazamentos na madrugada... Resumão: 31-12: Corrida em trilha até a Pedra do Grito (+- 1.200m). Retorno, banho de rio pelados, jantinha sem frescuras com vinho. A ideia era subir o Caratuva para acompanh