Bombinhas, o Retorno

julho 15, 2019

Meu Deus, o tempo passa não é?

Eu contei neste texto aqui, há quase dez anos, como foi minha participação na primeira maratona Trail realizada no Brasil.


Sim, eu estava lá em agosto de 2009. Foi também minha primeira maratona fora do asfalto. Incrível, mágico, surreal. Gostei tanto da experiência que voltei a correr em Bombinhas por mais 5 vezes, sendo 4 maratonas e uma vez nos 21 Km da Indomit Costa Esmeralda.


Quem me acompanha sabe que fiquei um certo tempo parado, distante dos treinos regulares e mais ainda das competições.

Em alguns momentos cheguei a anunciar que voltaria a participar ativamente de provas e do cenário de trail running do Brasil. Agora mesmo em 2019 eu achei que começaria o ano pegando firme. Não deu.

Mas agora está dando e vai dar. São 15 dias bem engrenados nos treinos, sem complicações físicas ou emocionais. 

E chegando ao ponto de querer me bandear para Bombinhas, acompanhar a Indomit que vai rolar neste próximo dia 10 de agosto.

É claro que não estou apto a encarar os 42 quilômetros desta vez, pois estou com pouquíssima bagagem de treinos. Não seria prudente encarar nem mesmo a opção de 25 km, que ocorrerá nesta edição também.

Irei nos 12 quilômetros, para matar a saudade daquelas belas trilhas e costões pelas bandas de Quatro Ilhas, Sepultura, etc. 

Fico profundamente agradecido e lisonjeado em ser lembrado pelo organizador Juan Asef, que desde a primeira edição quando a prova ainda se chamava K42 Bombinhas, foi de uma simpatia e caráter exemplares. 

Vai ser muito bom rever aquela turma toda de lá, estou verdadeiramente feliz e emocionado e poder "voltar" em uma prova que rola exatamente da onde comecei minha história no trail running de longa distância. 10 anos depois então... mais marcante ainda.

Vejo vocês por lá! Quem quiser fazer a prova ainda dá tempo, corre aqui. 

Forte abraço!



Dez anos atrás, quase chegando!

Cheguei! E tô voltando!


Vale uma leitura!

0 comentários