Córdoba

janeiro 22, 2009

22-01-09 – 02.33 am – Em algum lugar sobre o Rio Grande, tche!

O início da realização de um sonho. Claro que muito disso começou antes. Houve a fase dos projetos, dos treinamentos, os sins e os nãos. Mas agora to no ar! E só volto após um mês e pouco. Pouco de tempo mas muito de experiência e de histórias. Histórias das boas, de preferência. Porque é planejando, estudando e, sobretudo, realizando que se vive e que se conta uma boa história. E é essa história que pretendo contar a partir de agora.

22-01-09 – 03:13 am – Com certeza sobrevoando a terra de los hermanos!

Porra, que doido esse brinquedinho. Um mini laptop, parece de brinquedo. Brinquedo de gente grande, bom pra distrair o George a bordo do atrasadíssimo voo rumo a Cordoba. Um dia épico, com quatro conexões aéreas. Belo Horizonte – Rio – Curitiba – Porto Aleegre – Córdoba. Mas, enfim estamos chegando. O avião deve pousar por volta das quatro da manha. Aí é correr pra um táxi e se mandar pro Hostel que reservamos através do camarada Alberto que se encontra na cidade argentina.

Eu estou aceso, louco pra desembarcar e tenho certeza que só sossego quando estiver no quarto do hostel, quietinho. Pretendemos embarcar via terrestre para Mendoza nesta noite do dia 22 ainda. E vamo que vamo!

22-01-2009 – 03:11 pm – Cordobeño!

Listo! Chegamos em Córdoba somente por volta das cinco da manhã, por conta de atrasos diversos. Poucas horas de sono e fomos sair pra conhecer a histórica cidade e garantir as passagens para Mendoza. Serão pouco mais de nove horas de ônibus hoje mesmo. Faz um calor até que suportável. A cidade é muito bela e limpa (principalmente se comparada a Belo Horizonte), cheia de gente bonita e com preços atraentes para brasileiros. Um ótimo almuerzo e um rápido pit-stop no hostel que conta com wi-fi, que permite que eu poste esse textinho aqui.

O hostel é um show, o Le Grad Hostel. Preços justos e atendimento super cortês mesmo na madrugada, quando chegamos.

Amanhã, de Mendoza, espero mandar mais notícias. Suerte!!!



No Aeroporto Internacional Afonso Pena, uma das escalas, já com o Henrique integrado a comitiva. Foto tirada pela Jessiê, que junto com o maridão, foi nos dar uma força antes do embarque.



Muitos calçadões onde o povo vai comprar, comer e se divertir ao ar livre, como deve ser!Muitas igrejas antigas, legado dos jesuítas que por aqui andaram. O centro histórico é bastante interessante.


Papas! Y um Medallon muy bueno!!



Muitas igrejas antigas, legado dos jesuítas que por aqui andaram. O centro histórico é bastante interessante.


====================================================================


Vale uma leitura!

0 comentários