O fim de outro ciclo

janeiro 21, 2010

É hora do adeus. É com dor no coração que escrevo aqui que me desfiz de uma boa companheira. Parceira de aventuras, nunca me deixou na mão. É verdade que não nos relacionamos assim tão intensamente nos últimos tempos. Em meus tempos de Belo Horizonte ela ficou relegada a algo decorativo, dado o medo que eu tinha de perdê-la.

Quando me acompanhou aqui em Curitiba, em meu retorno de 2009 pouco curtimos. Tentaram nos separar mas nos reencontramos pouco depois. Mas, como tudo na vida tem seu tempo, chegou a hora de nos separarmos. Novos interesses e atividades, e uma inquietação comum a este que escreve têm sua contribuição também.

O nome dela é Marga, apelido carinhoso para uma MTB Merida Matts TFS 100 ano 2007.

E abaixo um último registro de uma diversão matinal, sob muita chuva, que acho ser a condição ideal para viver grandes amores, despertar sentimentos e lavar a alma, vide a Maratona de Curitiba entre outros acontecimentos inesquecíveis de minha existência. Marga: saudades, mas é para o nosso bem!


Muita chuva, lente embaçada, imagina pedalando...

Vale uma leitura!

3 comentários

  1. Desapega, galego... desapega! :)

    ResponderExcluir
  2. Snif, snif! Tadinha! :-)

    Abraços!
    Rodrigo Stulzer
    transpirando.com

    ResponderExcluir
  3. Essa foi muito boa Pepe...
    Só quem tem uma magrela sabe o apego que temos por ela e o quanto nos acompanha!!!!

    Abraço

    Léo

    ResponderExcluir