Rumo à Litotripsia!

Nesta tarde de quarta feira estarei me submetendo à mais uma litotripsia no rim esquerdo, procedimento para retirada de cálculos renais. Desta vez será uma LECO - Litotripsia Extra-Corpórea. Uma máquina que emite choques e é acionada sobre o paciente. Quer saber como é? Clique aqui e veja o vídeo.

Em 2009 realizei uma ureterolitotripsia, para retirada de um cálculo que estava enroscado em meu uréter direito. Neste caso enfiam pela uretra (não, não dói, tem anestesia) uma microcâmera e uma micro-britadeira, onde martelam a pedra até reduzi-la. Em seguida, retiram os pedaços com uma micro-pinça. Arrepiou? Imagina então o pós-operatório, com litros de sangue saindo pelo playground... Eu até havia postado algo sobre esse procedimento tempos atrás no blog antigo, mas achei melhor retirar.

Como desta vez o cálculo ainda se encontra no rim, realizarei o procedimento menos invasivo.

Vida prática: quantos dias sem correr? Não sei. De repente amanhã mesmo, rs. Depende da palavra do médico.

Fica a dica para evitar a formação de cálculos renais doloridos como esses: beba no mínimo dois litros de água por dia e reduza o consumo de proteínas animais.

Esses cálculos são resultado de anos e anos comendo proteína animal em excesso, tanto em forma de carne como em forma de ovos, leite e derivados. Há mais de um ano que não como carne e acabei mantendo meu exagero na ingestão dos sub-produtos animais.

Vale a pena se espertar!

E agora, bora lá quebrar a tal pedra de 1,4 cm de diâmetro (segundo o ultrassom).

Beijos e abraços!

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas