Ultramaratonas, Rob Krar e Depressão

Assisti hoje um curtametragem muito bom, produzido integralmente por Joel Wolpert (o mesmo de "In The High Country", com Anton Krupicka), onde o "corredor da vez" é o canadense Rob Krar. 


Infelizmente, está disponível somente em inglês. O barbudo surgiu forte na cena ultra trail runner em 2013, quando meteu um vice-campeonato em sua primeira prova de 100 milhas, a concorridíssima Western States 100. Desde então tem faturado títulos e mais títulos, como a UROC 2013, e para 2014 uma inédita e incrível "Triple Crown": campeão da Western States 100, Leadville 100 e Run Rabbit Run 100 em uma mesma temporada.

No filme, ele discorre sobre sua relação com a ultramaratona, sobre os episódios de depressão, sobre o total apoio de sua esposa Christina e tudo isso no belíssimo cenário de uma de suas conquistas, o FKT (Fastest Known Time - Melhor marca conhecida) no trecho chamado R2R2R, ou melhor, Rim to Rim to Rim. Trata-se de correr a trilha que desce de uma das bordas do Grand Canyon (EUA), subir do outro lado até a borda e voltar tudo. Algo em torno de 42 milhas. Quem leu um pouco sobre a história deste cabra, sabe: um dos melhores do mundo.

E que possa, de alguma forma, ajudar a inspirar quem atravessa a mesma condição, a depressão. Um dia escreverei sobre...

Trago então este vídeo, ajudando a mostrar que os personagens incríveis do trail running mundial vão bem além de Kilian Jornet e Anton Krupicka.


Beijos e abraços.


Comentários

  1. Inspirador esse vídeo Volpão. Obrigado por divulgar pra gente. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Salve Carlos! Que bom que gostou! Sempre que eu achar essas coisas colocarei por aqui. Abração e apareça.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas