Pular para o conteúdo principal

Resoluções de Homem-Novo


Bem, é isso

George Volpão, agora casado de fato e de direito.

E aproveitando esta que posso dizer ser com certeza a melhor fase da minha vida, é hora de expandir horizontes e ao mesmo tempo focar. Então seguem algumas resoluções de "homem-novo".

1-) Treinar brincando.
Assim como li na Revista Go Outside recentemente: "Boa forma física deve ser sinônimo de diversão". Assim sendo, quero estar apenas apto para completar uma maratona com prazer sem essa de baixar tempo, de poder viajar com a bike carregada por uns 70 quilômetros diários sem neuras, de poder subir montanhas caminhando com 20 kg de boa comida e bebida nas costas, entre outras atividades.

2-) Deletar a conta do Facebook.
Redes sociais andam me tomando tempo tanto da família - sim, casal é família - como do trabalho. O conteúdo nem sempre é generoso e uma leitura deste texto me abriu ainda mais os olhos. Viciadinho meeeeesmo, confesso. Terapia de choque, deleta, exclui e vida (mais) real. Aliás, na lua-de-mel de cinco dias pelo interior do Estado do Paraná, passamos muito bem sem este tipo de acesso. Fácil sobreviver. Vivemos em um mundo de muita, muita, mas muita mesmo informação a cada segundo. Isso me gerou ansiedade. Bora desligar o plugue. Ah, tem o twitter, mas esse, coitado, acho a pior de todas essas redes sociais. Sou mais que 144 caracteres, period.

3-) Comprar um duck.
Sair remando pelos rios do interior do Paraná tem estado na minha cabeça com frequência. Rio da Várzea, Rio Tibagi, Rio Iapó, Rio Capivari... Águas do Paraná!

4-) Contagem regressiva para mudança de ares.
Sempre escrevi sobre o prazer que eu tinha em morar no mato, primeiro em Campina Grande do Sul e depois na Roseira, município de Colombo. O casamento e a priorização da qualidade de vida, principalmente no que se refere ao tempo passado no trânsito, me levou a voltar a morar em uma grande cidade depois de 20 anos no mato. Hoje vivo em um bairro agradável, a 15 minutos de bike do meu trabalho, e gosto muito do que faço profissionalmente falando. Mas sei que um dia isso não será suficiente. Só o mato me faz integralmente feliz. E a ele voltarei em breve. Os nossos planos estão bem traçados. Vai rolar.

5-) Escrever mais no blog.
Tem a ver com deletar conta no facebook. No blog atinjo um público menor. Mas não adianta espalhar informação ao vento, como é feito por lá. Meia informação, coisas bobas e banais que já postei aos montes. Quem visita o blog? Ou é parceiro, me conhece melhor, ou digitou algo no google. E no blog é um espaço "meu". Escrevo com calma, com paciência, com mais prazer. É mais de um passo até publicar algo, diferente do "enter" do facebook ou do twitter, que limitam demais os pensamentos e não geram conteúdo. Gerar conteúdo, essa é a idéia. E lê quem quiser, não quem me tem entre os "amigos".

Enfim, hora de remar, pedalar, correr ainda mais para frente.

Beijos e abraços (contem sempre comigo).

Comentários

  1. Caiaque é a maior diversão! Adoro! Não sou fã deste inflável, me senti meio pato no seco, joga muito. Contudo andei só uma vez neste tipo, vale o teste.
    Cometi orkuticídio e não me arrependo. Atrapalha um pouco mas os amigos que liguem, e no fim, só estes que participam da vida real.
    Tô me esforçando pra virar corredor. O normal são corridas de 5k e 10k. O ritmo continua o mesmo do início, entre 5.30 e 6min/k, independente da distância. Comecei hoje com a bicicleta, tentativa de melhorar o desempenho enquanto me livro desta dor nas canelas.
    Sim, cheguei aqui pelo google, buscando absorver qualquer dica relacionada a esporte. De planilhas a nutrição. Aqui o que mais me agrada e sempre o alto astral, a alegria que move tudo.

    ResponderExcluir
  2. nos blogs a gente acaba curtindo, saboreando mais a palavra... peneirando o que tem a dizer... e é como você falou: são menos leitores, alguns até amigos de carne e osso, e não apenas perfil virtual:)

    foi lendo os blogs de corrida que encontrei o seu... e lendo o seu, que fiquei curiosa, e depois apaixonada, por esse mundo delicioso das trilhas... o mundo verde e lúdico por trás dos edifícios e do asfalto da vida cotidiana!

    aqui neste seu espaço, tenho aprendido muito!
    e no mínimo, quando passo aqui, saio com uma pulguinha atrás da orelha... uma coceirinhas nas ideias:)
    me faz repensar, ponderar, rever meus próprios conceitos...
    isso é muito bom!

    sonhar é muito bacana!
    sonhar e realizar sonhos a dois, então, é felicidade em dobro!

    que vocês conquistem todos os seus sonhos!
    e depois partilhem aqui, tá;)
    pra inspirar os virtuais de plantão:)

    ResponderExcluir
  3. Brigaado Elis!

    É bem por aí. Aqui tem espaço e estão os amigos, atuais, antigos e futuros =)

    beijao proce e nos vemos na K42 hein?

    =========================

    Salve Felipe.

    Que grata surpresa tê-lo aqui e verificar que o blog realmente alcança quem interessa. Estamos em vibes parecida e seguimos na trilha. Grande abraço, mantenha-se no multiesportes (sugestão) e apareça sempre.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Specialized Hardrock Sport Anos 90

Oi! Com esta bike consegui, de certa forma, realizar um sonho de adolescência: pedalar uma mountain bike com quadro de cromo-molibdênio e geometria clássica dos anos 90. A bem da verdade, lá por 1996 eu pedalei por alguns meses com uma Scott Yecora e mais recentemente, em 2014 uma Trek Antelope 800. Mas ambas tinham apenas os três tubos principais em cromoly. Esta Specialized Hardrock Sport eu consegui na Jamur Bikes, sendo trazida recentemente dos Estados Unidos pelo próprio Paulo Jamur (proprietário da loja e meu boss), que se encantou pela bike e seu estado de conservação. Quando ele colocou a bike à venda na loja, não me fiz de rogado. Era a chance de ter uma bike em cromoly e praticamente original dos anos 90. Na verdade comprei esta bike como alternativa para transporte urbano, uma vez que a Format 5222 (da qual pretendo fazer uma apresentação em post futuro) que "gravelizei" eu pretendia deixar somente para atividades esportivas. Mas gostei

Uma das mudanças em curso para 2020

Oi! Acho que um dos maiores aprendizados e uma das maiores decisões para 2020 foi focar no foco. Engraçado isso né? Focar no foco.  Preciso de foco. Com foco e direcionamento eu consigo ser mais consistente nos propósitos, ao mesmo tempo consigo extrair maior diversão dessa grande aventura que é viver e também sentir-me vivo e produtivo. No esporte, como você deve estar percebendo, o foco está nas corridas em montanha para 2020. E como sempre vai ser mais sobre montanhas que sobre corridas, não se trata de competir em provas de corrida em montanha (apesar de já estar inscrito em uma e ter ideias de correr mais duas outras apenas). É mais sobre estar nas montanhas, correndo. Sozinho, com amigos, não importa. Estar nas montanhas é a ideia. Assim sendo, decidi desfazer-me da minha bike esportiva, aquela que me acompanhou por praticamente dois anos de muito prazer nos pedais e na sua customização. Hora dos caminhos se separarem e direcionar minha veia esportiva àq

Nova Bike Kode Straat - Uma boa opção para montar uma Gravel Bike

Senhoras e senhores, tudo bem com vocês? Poxa, que bike da hora! Recebemos aqui na Jamur Bikes e já fiquei de olho grande. E adianto, já garanti a minha! Sim, a Kode Riff 70 vai retornar à proposta para a qual foi concebida (MTB 27.5 polegadas) no futuro (poca plata por ora) e vou apenas colocar o guidão drop e trocadores STI na nova Kode Straat. Vejam a imagem abaixo, retirada do site do fabricante, bem como sua geometria: Não parece ser muito apropriada para montar uma Gravel que é quase Gravel? Um top tube mais parecido com as speeds do que com as MTBs, um clearance menor na passagem das rodas, passagem dos cabos interna e outras características me levam a crer que esta bike pode andar muito confortavelmente entre estradões de cascalho (gravel roads) e asfalto, ou mesmo trilhas leves. Bora fazer essa alteração. Abaixo um vídeo mostrando a bike como ela vem de fábrica, original. E aqui a ficha técnica: - Quadro em alumínio 6061. - Garfo: Alumínio.