Para mim chega!

Bem, vamos em frente.

É hora e focar naquilo que interessa e deixar que me manifeste através daquilo que melhor tenho feito atualmente: música. 

Eu não sou muito de escrever letras de músicas. Eu gosto mesmo é de textos e quem me conhece dos tempos de corrida e montanhismo, sabe que rolava uma certa facilidade com isso. 

Agora...compor letras de músicas eu admito que não consigo ainda fazer como gostaria. Minha expressão é basicamente musical. E mesmo não sendo virtuoso em nenhum dos instrumentos que eu toco, sempre que ouço o resultado final eu identifico que ali naquele piano, naquela guitarra ou naquela linha de baixo está exatamente o que eu sinto.


Sabe-se lá como isso acontece. é como entender um idioma. Para algumas pessoas que não conhecem, parece tudo igual, não diz nada com nada. Mas para quem tem a sensibilidade musical e "fala a mesma língua" faz todo o sentido.


Deixo abaixo dois vídeos com ensaios e fragmentos de duas faixas que entrarão no álbum que irei lançar até o final do ano.

Falarei delas especificamente mais além.

Abraços!








2 comentários:

Pages