Sensacionalismo

maio 20, 2009

É impressionante a vontade que certos jornalistas têm de aparecer, de querer chocar, de serem heróis. O que me leva a deixar este post é esta manchete publicada no Portal Terra:

Poluição pode causar até infarto em atletas de rua

Para chamar mais a atenção do que isso em um assunto desses nem se pendurasse uma melancia no pescoço.

Talvez isso seja reflexo do que desde os tempos de Stanislaw Ponte Preta só cresce.

A notícia é pertinente e com certeza os resultados dos estudos indicando os prejuízos de aspirar toda essa poluição da cidade grande são válidos. Não deve ser nada bom inflar os pulmões de monóxidos, dióxidos e outros termos químicas danosos.

Porém esta é apenas meia-verdade. Em momento algum o repórter Plínio Teodoro fala sobre os malefícios do sedentarismo, da falta de exercício físico. Na matéria, apesar do alerta do pneumologista Ubiratan de Paula Santos, de que este veredicto não deve ser levado como uma maneira de desincentivar a prática de exercícios, o que chama atenção mesmo é a maneira manipuladora com que a informação nos é passada. Da forma como foi feita, omitiu-se uma das principais virtudes do exercício físico: a prevenção de doenças cardíacas.

Sugestão: Poluição pode até causar infarto em atletas de rua mas o sedentarismo é ainda pior.

Para ler a matéria e tirar sua própria conclusão: http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI3772549-EI1497,00-Poluicao+pode+causar+ate+infarto+em+atletas+de+rua.html

Um abraço e boas corridas!

Vale uma leitura!

1 comentários

  1. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    -o--oO--(_)--Ooo-
    PEPE, bom dia, ótima abordagem feita aqui no seu blog sopre poluição, parabéns no dia 29 abril eu também abordei esse tipo de assunto no meu blog dizendo assim EXERCICIOS NA POLUIÇÃO, pois muitos me perguntaram pq eu faço exercícios nas ruas...veja no link abaixo:

    http://jmaratona.blogspot.com/2009/04/exercicios-na-poluicao.html

    Um abraço,

    JORGE CERQUEIRA
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir