K21 Curitiba 2013 - Certas coisas que não sei dizer

Não vou dizer que foi ruim, também não foi tão assim.

Utilizando-se acima e no título de frases feitas de conhecidas canções interpretadas por Lulu Santos, posso resumir assim minhas impressões pessoais da prova.

Não estou falando de organização nem do que achei da prova. Disso tratarei em artigo a ser publicado no TrailRunning BRASIL. Estou falando de mim, já que no post anterior eu estava colocando minhas dúvidas existenciais de adolescente tardio.

Gostei demais de ter estado nas trilhas por quase 23 quilômetros (sim, a prova tinhas mais de 21 km no final das contas). Ainda no sábado achei sensacional ter encontrados bons amigos como o Daniel Júnior, Giovanni Zem, César Condratti, Giliard Pinheiro, José Virgínio, André Savazoni, Juan Carlos Asef e muitos outros.

No dia da prova, sob sol já alto, estive mais uma vez "into the wild", percorrendo longos trechos quase sozinho (apesar da prova ter contado com mais de 350 participantes), desfrutando casa segundo das trilhas da região do Parque Ecológico Ouro Fino.

O prazer de percorrer terrenos técnicos no limite das minhas forças e (in)sanidade. Os meses sem treino cobraram seu preço, principalmente no aspecto muscular. Ainda bem que eu estava pedalando com certa frequência, assim pude reforçar um pouco as pernocas que nesta segunda-feira reclamam.

Trajeto duro, muito duro, do jeito que eu aprecio. Não tem como não gostar desses desafios. Não tem como não viver ótimos momentos junto aos amantes das montanhas.

Agradeço à Naventura Eventos Esportivos e a todos que, de alguma forma, tornaram possível essa experiência. Em breve, como disse, relato completo no TrailRunning BRASIL.

Abraços!

Andando no plano, George Volpão?

Comentários

  1. Show. Também gostei muito da prova... quanto pior, melhor!!!!
    Legal ter te reecontrado.
    Abs.
    César Condrati
    http://condrati.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Foi bom demais mesmo! Vai na ATR? Araçatuba Trail Run.

      Abs

      Excluir
  2. Pepe pelo que li em alguns blogs este K21 foi dificil pacas pela altimetria do percurso, mas so em sair do asfalto para correr junto a natureza nao tem preco nao e mesmo...Meus parabens por mais um desafio concluido.

    Um abraco,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Jorge, você iria curtir demais? Quando vem correr com a gente?

      Obrigado e um abração!

      Excluir
  3. não tem como não gostar desses desafios! é isso que penso e sinto, mesmo quando tô ralando as pernas e a alma nesses percursos difíceis!

    no aguardo do relato!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To atrasado... Você até já comentou, rsrs.

      Espero que tenha curtido e que venha nas próximas =D

      http://www.trailrunningbrasil.com/2013/03/k21-curitiba-2013-algumas-impressoes.html

      Beijão

      Excluir
  4. Cara, que saudades de você. Vê se arruma um tempo para assombrar a galera lá no Twitter. Vc faz falta. Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeeee! Se eu lembrar a senha eu volto, hehehe. Gosto mesmo é de apavorar!

      Abraço e xá comigo!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas